Casais com IRS separado têm dois anos para mudar

IRS 2015 – 2 anos para corrigir opção tributação conjunta/separado

Regime transitório permite que todos possam entregar nova declaração. Novas regras entram em vigor em dezembro.

A seguir Mais vistas IMOBILIÁRIO Este T42 está à venda em Alcântara por muitos… milhões BARACK OBAMA Depois da Casa Branca, veja a casa de 5 milhões para onde os Obama se vão mudar PERSONALIDADE 10 sinais típicos de quem tem elevada inteligência emocional FOTOGALERIA E as modelos com os ordenados mais sexy do mundo são… LUXO É para este resort que os multimilionários vão para fugir dos milionários O regime transitório que vai permitir aos casados e unidos de facto entregar nova declaração do IRS em conjunto deverá entrar em vigor na primeira quinzena de dezembro e dá aos contribuintes dois anos para reverem esta situação. Nalguns casos esta revisão implicará o pagamento de uma cima, mas o acréscimo do reembolso deverá compensar a troca.

Estas novas regras vão permite resolver os casos dos contribuintes que se viram confrontados com a impossibilidade de entregar a sua declaração de IRS em conjunto pelo facto de a terem entregue fora do prazo. É que, com a reforma do IRS, o regime regra passou a ser o da entrega em separado, ainda que se permitisse a opção pela tributação conjunta quando feita dentro das datas previstas na lei.

About the author